sexta-feira, março 14, 2008

Melhor tinto do mundo é português
É produzido pela Casa de Ermelinda Freitas, nas terras do sado, na zona de Palmela e foi considerado o melhor tinto do mundo.
O Syrah 2005 da Casa Ermelinda foi considerado o melhor tinto do mundo, num concurso internacional que teve lugar em Paris, França.
A edição do Vinalies Internationales 2008 elegeu o vinho português numa prova cega entre mais de três mil vinhos.
As vinhas da Casa de Ermelinda Freitas localizam-se na zona de Palmela e estendem-se por 103 hectares.
Resultando pouco ou nada conhecido em Portugal, antes do ano 2000, bastante conceituada depois de 1951, pelo menos por quem provou o "Grange Hermitage" do mesmo ano, a "Syrah", é fruto de um cruzamento de castas que ocorreu de forma natural, sem intervençao humana, as castas progenitoras, Cabernet Franc e Sauvignon Blanc, um tinto e outro branco, mereciam fraca ou mediocre consideraçao como castas puras e menos na zona central entre os Alpes, Lyon e o lago Leman.
Este prémio vem atestar sobre o estado de "saúde" de um dos productos Portugueses com maior difusão internacional. Por outra parte, com base nas novas tecnologias, da mesma forma que há 500 anos, o nosso país aponta uma vez mais a necessidade de apostar na capacidade das suas gentes e proporcionar-lhes as ferramentas necessárias para que o exito da "Casa Ermelinda" se torne na ponta de um enorme iceberg, ainda que não se recomende congelar um tão apreciado néctar.

5 comentários:

Anónimo disse...

Apesar dos franceses terem belíssimos vinhos....que bebo com muito gosto quando vou a casa do meu irmão a Lyon...acho que ombreamos com eles como comprova este prémio,...alguns vinhos italianos também são muito bons....o resto é paisagem....! em queijo aí não ! acho que os franceses são insuperáveis....porque têm em quantidade que correspondem à qualidade,...apesar de como se sabe termos maravilhosos queijos,...como o Serra, Niza, o Serpa...principalmente,...os italianos o Parmezano! em doçaria somos os melhores juntamente com os italianos.....e estes são os maiores nos Gelados...!!!! Bom,....digo eu, não é caro Caparica.....!!!

Anónimo disse...

Estaria de acordo consigo se não existissem ovos moles e água das pedras.
Folgo em ler de sua razão, cumprimentos.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Mário Pinto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
farfalho, o maltês disse...

A Leonor, filha da Ermelinda, é uma mulher ainda apetecível. Ir a Fernando Pó vê-la e provar os seus vinhos é um passeio que dá gosto.

Nem fica longe de Lisboa. Mais perto de Setubal.Pela auto-estrada do sul, sai-se em Palmela.

Aliás em Fernando Pó (Palmela) bebem-se bons vinhos de produtores pequenos e ainda a granel. Levam-se garrafões vazios e trazem-se cheios de boa pomada.

Conheço bem toda a região e seus vinhos.Naturalmente.