terça-feira, abril 29, 2008

Xavier Malcata - Samuel Cate Prescott Award

O galardão foi atribuído pelo Institute of Food Technologists (IFT), uma instituição norte-americana que conta com a colaboração de 22 mil profissionais da indústria, da universidade e do governo nas várias áreas da ciência e tecnologia alimentar.
A escolha do cientista português, que além de director da Escola Superior de Biotecnologia é professor catedrático da Universidade Católica Portuguesa, ficou a dever-se às suas abordagens pioneiras nesta área, nomeadamente no desenvolvimento de ingredientes nutracêuticos e alimentos funcionais, no projecto e optimização de reactores enzimáticos para o processamento de óleos alimentares, na caracterização de proteases vegetais no fabrico de queijo, na produção de culturas microbianas de arranque e afinagem para queijos tradicionais portugueses, na aplicação optimizada de operações unitárias a processos alimentares específicos, e no melhoramento das condições de fermentação do bagaço de uva para a obtenção de aguardentes bagaceiras.
O prémio será entregue em cerimónia pública no dia 28 de Junho, durante o congresso anual do IFT em Nova Orleães. Samuel Cate Prescott, um dos mais importantes cientistas alimentares norte-americanos, foi o primeiro director da School of Science do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e o primeiro presidente do IFT.
Por outro lado:
programa criado em 1996 por Mariano Gago, com o objectivo de promover a cultura científica e tecnológica junto da população em geral e das escolas em particular. Oito anos depois, os sucessivos cortes de verbas e a sua distribuição por várias entidades colocam em risco este original e dinâmico projecto. Vários países europeus implementaram programas semelhantes com base neste exemplo português, facto digno de nota num país mais habituado a copiar.
O investigador Xavier Malcata defende que, para proteger e motivar os seus cérebros, o Estado deveria ter "uma visão de médio e longo prazo e, sobretudo, uma vontade política de investir recursos financeiros..." e que "...estratégias como esta não são compatíveis com mandatos, relativamente curtos, dos governos."

3 comentários:

jorge disse...

É uma preocupação séria..a questão alimentar.

Mas neste dia particular dia 1 de Maio venho dar-lhe um abraço de solidariedade.!!

CRN disse...

Como vao as suas iniciativas bloguistas?
Cumprimentos

CRN

jorge disse...

http://jorge-anortedoequador.blogspot.com