sexta-feira, novembro 27, 2009

5 segundos

Nem alvorada
Na que me ergo
nem madrugada
na que me perco

nem espuma
de rompante
nem azul
berço de amante

Razão do sol
Da lua cheia do seu amor

Primavera
Verão
Outono
Inverno

Todas as lutas
Vitórias, fracassos
O perseverar
no adeus dos teus passos

2 comentários:

Ana Camarra disse...

5 segundos bonitos

CRN disse...

Ana,

São o intervalo que medeia entre a morte de uma criança e outra, e outra, e outra...