sexta-feira, dezembro 28, 2007

Carta por pontos para quê?

A capacidade de processamento das multas, retiradas de cartas e aplicaçao de penas de cadeia, impede que a mensagem deste modelo se torne efectiva, Espanha nao conseguiu, depois de 1 ano, a reducçao do numero de acidentes e mortes, só a revolta da populaçao!

Operação Natal: Brisa regista zero mortes nas auto-estradasA Brisa anunciou hoje que registou zero mortes nas auto-estradas que concessiona no decorrer da Operação de Natal que terminou às zero horas do dia 27 de Dezembro, existindo também uma redução de 50% no número de acidentes.
«O número de acidentes registou uma quebra de 50 por cento face à Operação de 2006, ou seja, dos 79 acidentes ocorridos em 2006 houve uma diminuição para 37 em 2007», refere a Brisa em comunicado.
Em relação ao número de feridos ligeiros existiu também uma redução de 25 feridos, com aumento apenas no número de feridos graves em relação ao mesmo período do ano de 2006.
O comunicado revela ainda que se verificou uma redução no número de feridos ligeiros, de 36 para 11, e houve um acréscimo de apenas um ferido grave relativamente a 2006, de três para quatro.
Diário Digital / Lusa

4 comentários:

farfalho, o maltês disse...

A estrada é um local de morte e o condutor um criminoso em potencia.

Só gostaria de perceber o porquê de se permitir a fabricação de autos com velocidades acima, muito acima daquelas a que é permitido conduzir?~

Não será o mesmo que dar mais munições e ordem de atirar, até matar, ao criminoso?

CRN disse...

A questao passa por assumir que o código de estrada é do tempo dos carrinhos a vapor e que nao se conempla a qualidade das actuais estradas, se as comparar-mos com aquelas que existiam quando se aprovou este e aceitar que os veiculos, hoje, sao n vezes mais seguros que outrora.Na alemanha nao existe limite de velocidade nas auto-estradas, esta medida supoe um incremento na penalizaçao fora das mesmas e permite ao cidadao acelarar o que lhe apetece quando lhe apetece, claro, desaparece a necessidade de saltar a lei e aumenta a consciencializaçao por permitir a liberdade de decidir a cada individúo.

jorge disse...

Parabens pelo blog....quanto ás estradas bem,.....o problema são os carros, os condutores, as estradas, o código,....e que mais....!!1??

CRN disse...

Seja bem vindo, Jorge e obrigado p'los parabéns.
Depois dos preliminares, que mais?
Espero que nos ajude a descortinar, nesta ocasiao nao se me ocorrem aspectos plausiveis de interferir no aumento ou diminuiçao da qualidade da circulaçao no nosso País.