segunda-feira, agosto 25, 2008

Personificação do fascismo!

Da mesma forma que o blog do Castendo, a quem desde já agradeço a denuncia, e por não querer, dentro de uma ditadura de adormecimento e alienação, forjada mesmo através de um estado de repressão militarizada e policial, assumir esta ilegalidade, aqui deixo constância da situação ocorrida em Portugal, contra a voz do povo e contra a luta por uma vida melhor de todos os Portugueses que o Partido Comunista Português leva a cabo desde há mais de 80 anos, depois de sofrer assassinatos, prisão e tortura dos seus militantes durante a maior parte desse tempo.
Por outra parte quero lembrar que, no relativo aos demais partidos satelite do binómio que nos despoja de direitos, liberdades e sobretudo do essencial da condição de ser humano dos meus conterrâneos, nunca foi exercido qualquer tipo de censura institucional (mesmo no concernente a partidos com muito menos voz, como o BE ou fascistas como o CDS), afirmando-se assim, uma vez mais, o PCP, como o unico partido capaz de evitar a legalização da escravatura no nosso país e veiculo fulcral para elevar a vontade do povo e suas inquietações à assembleia da República.
"PCP processa Câmara de Viseu por destruição de propaganda
1 – Hoje à tarde, dia 11 de Agosto/08 retomando práticas que pensávamos afastadas da vida política local, a Câmara Municipal de Viseu, num acto de inqualificável prepotência anti-democrática, mandou destruir a propaganda do PCP afixada em diversos locais da cidade relativa à Festa do Avante 2008.
2 – Este acto persecutório contra o PCP constitui uma grosseira violação da Constituição da República Portuguesa, nomeadamente do seu Artigo 37º, que consagra o direito à liberdade de expressão e propaganda, e afronta os acórdãos do Tribunal Constitucional, especificamente o 258/2006 e vários pareceres da Comissão Nacional de Eleições (CNE) que reafirmam que “nenhuma Câmara Municipal pode produzir regulamentos que determinem outras regras para além das que a Lei geral estabelece” e que “a liberdade de propaganda é aplicável durante os períodos eleitorais como fora deles”.
3 – Sabendo que está a violar as leis da República e a atentar contra os direitos democráticos e a vida democrática na cidade de Viseu, (apenas a propaganda política do PCP foi removida) o PCP não vê outra razão para esta sanha persecutória da Câmara, que não seja a de deliberadamente “eliminar” a forte presença política do Partido na cidade e no Concelho em vésperas de importantes actos públicos.
4 - O que é ainda mais lamentável é que esta atitude de intolerância política para com o PCP, contrasta com a conivência que a mesma Câmara tem mantido perante a avassaladora publicidade exibida nos mesmos espaços pelo grande comércio (leia-se grandes superfícies comerciais) que muito tem contribuído para desgraçar o comércio tradicional de Viseu.
5 - O PCP e a população sabem que o Dr. Fernando Ruas tem um elevado conceito de democracia, bem expresso na sua solução de mandar “correr à pedrada” os funcionários do estado que exigiam que se cumprisse a lei. Mas o PCP não se deixará intimidar por esta atitude anti-democrática. Por esta ofensa aos direitos políticos e constitucionais apresentámos hoje mesmo uma queixa/crime na polícia contra a Câmara Municipal de Viseu e prosseguiremos com a colocação de propaganda, no exercício pleno das liberdades que ajudámos a conquistar e pelas quais estamos dispostos a lutar com todas as nossas forças.
6 – Por último, o PCP chama a atenção das outras forças democráticas, nomeadamente aquelas representadas no Executivo e na Assembleia Municipal de Viseu, para a gravidade deste acto censório da Câmara Municipal e para a necessidade de se demarcarem e denunciarem este grave atentado.
DOR Viseu do PCP"
Será esta uma noticia suficientemente alarmante para que qualquer bloguer, que tenha como fundamento a defesa da liberdade de opinião, ainda que não vote no PCP, divulgue o retorno da censura fascista no nosso país?

14 comentários:

Ana Camarra disse...

CRN

Não era á toa que a zona de Viseu era conhecida pelo Cavaquistão, não foi á toa que foi onde se conseguiram quieimar e assaltar mais sedes do PCP em verdadeiros autos de fé em 1975.
Também não é á toa que seja um dos Distritos do País com mais íletracia, com menos desenvolvimento....

Coincindências?!

Para variar Sérgio Godinho...

Ai, Portugal
dar-te conselhos é bem pouco original
(mas) se realmente não quiseres querer-te mal
olha p´ra ti, ó Portugal
e não te deixes assim vestir

O meu país
foi outro dia ao alfaiate encomendar
"toilettes" novas p´ro mundo se embasbacar
e se dizer, e se elogiar
que bem, que chique
que beleza
para falar com franqueza
parece outro com esse ar

Mas há coletes que são de forças
por mais que o digam não ser
não te deixes assim vestir
não te deixes assim vestir


Ao meu país
o alfaiate respondeu: venha cá
quero saber com que linhas se coserá
o fato feito que fará
a sensação das redondezas
bem que eu não tenha a certeza
que seja de elogiar

O meu país
outrora usando fraque, luva e paletó
se rebentar pelas costuras, é só
que o fato que é da trisavó
não é necessariamente
aquele que no presente
nos fará soltar um "oh!"

Porque há coletes que são de forças
por mais que o digam não ser
não te deixes assim vestir
não te deixes assim vestir

Beijocas

poesianopopular disse...

É o bloco central a fazer o pleno, quando começam a ser postos em causa pelas populações, a luta agudisa-se, e eles não olham a meios,( mata-se e depois logo se vê!)
É um fartar vilanagem! agoa há aquí uma coisa a considerar;as pessoas percebem estas manobras, mesmo que votem neles, sabem reconhecer que estas acções, são apanágio de gente menos honesta, é aquí que a luta tenm o seu inicio.
Abraço

mugabe disse...

Caro CNR...boa denúncia! Ruas é um conhecidíssimo reaccionário de cariz fascista que só está á espera de ter outras oportunidades para fazer uma autêntica caça ás bruxas...e desconfio que o Sócas lhas vai dar !!!!

O neoliberalismo vai chegar á altura de extremar posições, fazer perseguições políticas à descarada,...não só "legalmente" como também abertamente com agressões físicas,..vão chegar lá...e é aí que a coisa vai estourar !!!! Amigo CRN por mim estou pronto,...podemos a partir da internet fazer a mobilização. Grande abraço!!!

CRN disse...

Olá Ana,
Coincidências? Obscurantismo, manipulação, esclavagismo!
(Grande Sergio)

Cumprimentos.

CRN disse...

Olá Poesianopopular,
E essa é a luta na qual quero estar da mesma form que cada vez mais Portugueses.

A revolução é hoje!

Cumprimentos.

Zorze disse...

A questão aqui resume-se apenas a Fernando Ruas. Tem um pensar que não cabe numa sociedade democrática.
A minha solidariedade aos comunistas visienses.
Agora esperemos que o Estado de Direito actue conforme as leis em vigor.
Quem aposta que isto acaba em nada?

Abraço,
Zorze

CRN disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
CRN disse...

Olá Zorze,
O teu sarcasmo é mesmo muito fino, "A questão aqui resume-se apenas a Fernando Ruas", mas ambos sabemos que o ruas não está no poiso por obra divina, que não é um independente, que as autoridades, que pareciam defender a posição do PCP e da constituição acataram a ordem, de não intervir, por parte de quem não está para tal legitimado (incorrendo estas, também, em duas violações constitucionais, permitindo a apologia da actitude fascista do ruas e inibindo-se de defender o artigo 37º da constituição), o que está em causa é a LIBERDADE dos Portugueses.

A revolução é hoje!

CRN disse...

Zorze,
Cumprimentos.

Zorze disse...

Foram os mesmos que legitimaram o governo Sócrates e que legitimarão futuros governos fantoches porta-vozes de poderes tenebrosos que se movimentam na sombra, na discrição e na manipulação.

Abraço,
Zorze

CRN disse...

Zorze,
A luta continua, a unica forma mudar Portugal somos nós, os Portugueses.

Cumprimentos.

CRN disse...

Olá Mugabe,
Penso que a revolução interna, em cada um de nós, tentar despertar consciências ou denunciar a manipulação da qual somos alvo é mobilizar, algo que como tu muitos blogues tentam fazer. Outra coisa serão as manifestações organizadas e das quais carece o povo do nosso país - manifestações a sério, daquelas que só um partido como o PCP tem promovido - mas se para tal existe um factor muito importante que permanece presente, também, na mente da maioria dos bloguers, o medo. É muito dificil que mais de quinze por cento dos inconformistas, activistas da tecla (extremamente válidos e não menos importante o seu contributo), rompam o seu anonimato numa acção a cara descoberta, sendo esse um aspecto inalienável da realidade deste colectivo.
Por mim, quando exista um numero significativo de participantes e os bloguer estejam dispostos, de forma concertada (o que já tentei mas com pouca receptividade), a apoiar, no seus blogues, qualquer iniciativa de vaporização da corja que se senta no poleiro, aí estarei.

A revolução é hoje!

Cumprimentos.

mescalero disse...

o ruas é mesmo um ditadorzeco

SENSEI disse...

É vergonhoso que o presidente da CM de Viseu, se tenha assumido como um fascista, tendo assim procurado adiantar-se ao actual executivo Xuxa e ao candidato a executivo, o PSD em 2009, nas suas posturas anti PCP e eventual interdição deste partido na vida política portuguesa.